Posts com Tag ‘português’

A Igreja de Cristo em Lisboa Participa Connosco

Não há nada como ser acolhido por uma congregação de crentes quando se viaja no estrangeiro para ajudar uma pessoa a sen-“r-se em casa e para demonstrar o propósito que Deus tem para a igreja. A Igreja de Cristo Lisboa (ICL) acolheu cada membro da nossa equipa desde o primeiro dia e convidou-nos para par”cipar com eles no que Deus estava a fazer em Portugal. Temos sido abençoados pela oportunidade de fazer parte do corpo de Cristo em Lisboa

The ladies on the team have attended several baby showers with the ICL this year.

Na Assembleia Geral Anual em Janeiro, The Angola Team apresentou oportunidades para a ICL para se involver com o trabalho em Angola. Convidámos a ICL para par”cipar conosco ao corresponder-se com estudantes da Escola Biblica Mundial em Angola, ajudando a fazer e a traduzir materiais, ensinando-nos sobre a cultura de Angola, e orando por nós. Também encorajámos membros da igreja a visitarnos em Angola. Quem melhor para vir ajudar com o trabalho no campo missionário do que os que já falam a lingual do país?

A ICL ficou entusiasmada com a oportunidade para par”cipar connosco e vinte duas pessoas inscreveramse para ajudar. Por causa do relacionamento especial que nós temos com A ICL, começámos uma edição portugu:sa deste bole”m para Portugu:s para que a ICL também possa receber as nossas atualizações. Esperamos por uma versão portugu:sa do site angolateam.org nos próximos meses para que nós possamos manter o mundo lusófono informado sobre o trabalho de Deus em Angola.

Enquanto esperámos a par”da para Angola, sabemos que somos enviados, não só pelas nossas familias da Igreja nos Estados Unidos, mas também pela nossa familia da igreja em Portugal. Tal como com as nossas igrejas nos Estados Unidos, sabemos que a ICL não nos quer ver par”r mas também percebem porque nós vamos e enviam-nos com alegria nos corações. Estamos agradecidos pela nossa familia ICL e também vamos ter muitas saudades dela.


Uma Vista pelo Interior de Aprender Português

Alguns Antecedentes:

Os Reeses em Portugal, 21 de Junho de 2005

Os Reeses na Aula de Português, em Junho de 2005

Em Junho de 2005, o Danny e a Katie Reese chegaram a Lisboa, Portugal para começar a aprender Português. Naquela altura, eles, com o Nathan Holland, tinham desejo para ir para Angola, Africa para fazer trabalho missionário, mas ainda nenhuns planos específicos estavam feitos. Durante três semanas eles frequentaram aulas de Português ensinadas  pela Eunice Carapeto para se prepararem para a época da viagem por  Angola. Agora, cinco anos depois, a Angola Mission Team está  junta  em Portugal para aprender português!

A Eunice tem ensinado português há mais de 25 anos  a missionários com destino ao mundo lusófono. A Angola Mission Team é a primeira equipa inteira que a Eunice já ensinou na mesma época. Nos ocupamos três das quarto aulas de duas-horas de Segunda-Feira a Sexta-Feira.

Primeiro: Aprenda a fazer os sons e a realçar as sílabas certas.

O Desafio: O alfabeto inglês que os Americanos podem dizer a dormir deles transforma-se nos 26 novos sons portugueses. Se você já tiver estudado  uma outra lingua, sabe que é uma tarefa difícil aprender sons novos! Por exemplo, em inglês a letra “e” chama-se “i.” Cada lettra tem um som novo e quando combinada com outras letras, tem sons desconhecidos.

Como nós sobrevivemos a este desafio: Se calhar, Nós nunca vamos saber a fundo todos os sons da lingua, mas nós practicamos, practicamos, e practicamos para ter a melhor pronúncia que pudermos ter. No princípio a Eunice deu-nos listas de sons para ouvir e repetir até saber de cor. Na aula nós lemos a nosso trabalho de casa (TPC), livros, e outra literatura em voz alta para practicar a nossa pronúncia e a Eunice corrige-nos quando é preciso.

Segundo: Enteder a Gramática

Aula de Português da Teague, Jordan, e Katie , de Novembro de 2010

O Desafio: A nossa comunicação fica limitada pela gramática que nós sabemos. Então, gradualmente A Eunice introduz conceitos de gramatica e nós avançamos enquanto nós ficamos mais hábeis com  estes conceitos. A Eunice diz que “Há muitos regras e poucas exceções em português” e no  Inglês “Há  poucas regras e muitas exceções.” No princípio, é dificil manter verbos irregulares e regulares em ordem e usando também a preposição certa, mas com a practica nós ficamos melhores nisso.

Como nós sobrevivemos a este desafio: Além de exercícios, que com a repetição começam a habituar-nos os ouvidos à gramática correta, a tradução também é útil para nos tornar mais competentes. Nós traduzimos de  Inglês para Português e de Português para Inglês, para corrigir os nossos erros com a Eunice para  podermos crescer no nosso conhecimento da gramática portuguesa.

Terceiro: Aprender a atirar as palavras da boca para fora.

Aula dos Campbells, de Setembro de 2010

Desafio: As nossas línguas presisam de soltar-se. Por mais que nós possamos comunicar em papel, ao falar, mesmo nas nossas aulas, é muito difícil encontrar as palavras certas rapidamente. Os nossos cérebros estão a tentar a usar as palavras certas, a pronúncia, e a gramática corretas  ao mesmo tempo e é muito difícil simplesmente encontrar e articular as palavras quando nós estamos a conversar com alguém na igreja ou com outras pessoas que nós encontramos na nossa vida diariamente.

Como nós sobrevivemos a este desafio: Mais práctica. Não só practicamos sons e gramática, também practicamos a falar e a conversar. Com a conversa e leitura em voz alta que fazemos na aula, nós recitamos “grupos.” Grupos são uma lista de frases e perguntas, usadas pela Eunice para ajudar com a fluência , que são mais como destrava-línguas para alguns de nós que não falamos português há muito tempo. Cada lista tem um limite de tempo e nós practicamos ao recitar a lista muitas vezes até nós sermos capazes de a ler com fluência dentro do tempo limite.

Aqui têm! Adicionem algum vocabulário novo aqui e ali e estão a practicar para aprender a língua portuguesa!